A Arquitetura da Destruição de Shingeki no Kyojin

Richard Wagner é um compositor alemão nascido em 1813. Sua Magnum Opus, O Anel do Nibelungo, tornou-se um pilar da identidade alemã da segunda metade do século XIX até o fim da primeira metade do século XX, uma vez que ele representa o espírito nacionalista daquela nação que havia acabado de passar por seu processo de unificação. Embora Wagner tenha falecido em 1883, sua obra como um todo pavimentou o sentimento ariano de pureza fascista e antissemita ao enaltecer, através de suas composições elaboradas e impactantes, a glória da raça germânica. Seu trabalho contribuiu com a formação e organização do nazismo (vide o motivo de Wagner ser costumeiramente chamado de proto-nazista) e, posteriormente, tornou-se um de seus símbolos, uma epítome de esperança para aquele povo que se sentia humilhado após a derrota acachapante na primeira guerra mundial e queria se reerguer.

Continuar lendo “A Arquitetura da Destruição de Shingeki no Kyojin”

PonyAwards 2013

Chegou aquele momento em que o Horny Pony começa a soltar o verbo sobre o que foi de melhor (ou nem tanto) na animação japonesa no ano que se passou. Coincidentemente, lançamos no exato momento em que o Oscar rola nos Stazunidos, mas todo mundo sabe qual das duas é a premiação que vale.

Nesta edição, a comissão do Pônei é composta por Danny, o criador e admin da página de humor JoJo Manjão e a Pyon, que é cosplayer e trouxe junto seu namorado, El_Gandalf, para colaborar conosco.

Os critérios são os de sempre. Animações japonesas que foram exibidas durante as 4 temporadas de 2013. A única restrição são os animes considerados infinitos. Ao ser questionado sobre animes com temporadas alternadas, animes que foram finalizados em 2013, mas iniciados em 2012 ou coisa parecida, vem a resposta padrão do “Faça o que achar justo”.

Bem amigos, sem mais delongas, vamos ao vencedores!

Continuar lendo “PonyAwards 2013”